Fale conosco pelo WhatsApp

Opções de Tratamento da Escoliose

Paciente realizando em conjunto com Dra. uma das Opções de tratamento da escoliose
Imagem meramente ilustrativa (Banco de imagens: Shutterstock)
Por:
Publicado em 15/12/2021

Definição do tratamento da escoliose deve ser feita por médico ortopedista após avaliação detalhada do caso. Conheça as abordagens mais comuns e indicações de cada uma

A escoliose é uma condição caracterizada pelo desvio lateral da coluna acima de 10 graus, quando o esperado é que ela seja retilínea nesse plano.

Os sinais clínicos da escoliose incluem desvio do eixo da coluna, ombros com alturas distintas, inclinação da cintura, diferenças no espaço entre braço e tronco nas laterais do corpo e assimetria das escápulas.

Atualmente, existem diversas opções de tratamento da escoliose de acordo com o grau de severidade da condição, idade do paciente e comprometimento da qualidade de vida. Conheça quais são a seguir.

4 opções de tratamento da escoliose

A avaliação da escoliose e a consequente definição do tratamento para a condição devem ser feitas por um médico especialista em coluna que, acompanhando o caso, pode indicar a associação de abordagens conforme a evolução do quadro.

1. Observação médica

A primeira abordagem para escoliose é a observação periódica a cada seis meses nos casos nos quais a condição não apresenta angulação elevada e não compromete a qualidade de vida do paciente.

2. Tratamento clínico

O tratamento clínico da escoliose é a primeira abordagem para reverter o quadro, sendo recomendado para casos nos quais o desvio na coluna varia entre 10 e 35 graus. Constituem essa opção as seguintes práticas:

  • Fisioterapia: sessões de fisioterapia e Reeducação Postural Global (RPG) podem contribuir nos casos nos quais a má postura está associada ao surgimento da escoliose. Os exercícios ajudam no alongamento do corpo, fortalecimento e realinhamento da coluna;
  • Fortalecimento muscular: os exercícios de fortalecimento são importantes para melhora da postura e para que a coluna tenha ajuda dos músculos na sustentação corporal, sobrecarregando menos a estrutura óssea;
  • Medicamentos: os analgésicos e relaxantes musculares são indicados, com receita médica, para aliviar as dores e desconfortos associados à escoliose.

Em geral, o tratamento clínico engloba as diferentes abordagens para resultados mais satisfatórios e deve ser acompanhado por especialista para avaliar a evolução do quadro.

3. Colete

O colete ortopédico é uma opção de tratamento da escoliose quando o grau de desvio da coluna varia entre 20 e 40 graus.

Durante esse tratamento, recomendado preferencialmente para crianças e adolescentes, o colete deve ser usado o tempo todo, sendo removido apenas para tomar banho e nas sessões de fisioterapia que, geralmente, são associadas.

O uso do colete pode ser necessário por anos para que seja efetivo no tratamento da escoliose e pode ser usado apenas na coluna lombar, na lombar e torácica ou até na coluna cervical, de acordo com o caso.

4. Cirurgia de escoliose

A cirurgia de escoliose é recomendada em caso de desvio acima de 30 graus em jovens e acima de 50 em adultos, mas cada caso deve ser avaliado individualmente pelo médico ortopedista especialista na coluna.

Sempre que possível, o procedimento é realizado com técnica minimamente invasiva.

A metodologia principal na cirurgia de escoliose é a artrodese somada a pequenas osteotomias, na qual se busca alinhar e fundir a área da coluna com desvio com a parte alinhada, visando um bloco unificado e realinhado.

Normalmente, a cirurgia não visa o realinhamento completo da coluna, mas sim que a coluna esteja o mais equilibrada possível para evitar complicações associadas à hipercorreção.

Fonte:

Dr. Rodrigo Amaral

Dr. Rodrigo Amaral

Autor: Dr. Rodrigo Amaral - CRM/SP: 129867

Conheça mais sobre as principais cirurgias e tratamentos
oferecidos pelo Dr. Rodrigo Amaral, especialista em coluna.

Solicite uma consulta para uma avaliação.

AGENDAR CONSULTA